Aniversário dos Simpsons


A família mais pirada de todos os tempos comemora seus 20 anos em 2009. Para isso, um longo calendário, denominado pela distribuidora Fox de “Best. 20. Years. Ever”, foi preparado para festejar a segunda década de sucesso dos moradores de Springfield. A celebração global vai durar até o dia 14 de janeiro de 2010, data em que se comemora o 20º aniversário do programa, que estreou regularmente em 1990.

Considerada a série mais antiga da televisão norte-americana, “Os Simpsons” começaram as comemorações de 2009 com uma nova vinheta de abertura, o que representa a primeira atualização desde 1987, quando o primeiro piloto foi ao ar. A música tema continua a mesma, mas alguns personagens novos foram adicionados à vinheta.

Outro plano da emissora é enviar mulheres vestidas como Marge Simpson para circular em diversos bares de Nova York, Chicago, Los Angeles, Boston e São Francisco. Essas atrizes irão entregar códigos de ringtones e papéis de parede de celular com a temática dos Simpsons.

Criado pelo cartunista Matt Groening, a série exibiu 432 episódios na atual 20ª temporada, o que faz dela a mais antiga em exibição nos Estados Unidos. Recebeu inúmeros prêmios, como: 24 Emmy Awards, 26 Annies e um Peabody.

Mas não para por aí, em 1998 foi eleita pela revista Time como a melhor série televisiva do século. Mais tarde, em 2000, conseguiu sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood, além de uma atração temática na Universal Studios.

Mas a pergunta é: Como uma família que tem Homer Simpson como chefe consegue fazer tanto sucesso? Ele é pai, mas também é preguiçoso, guloso e não dispõe de muita inteligência. É casado com Margie, a sábia-estranha mãe do malandro Bart, da politicamente-correta Lisa e da bebê Maggie.

Brincadeira de como seria a família Simpson real. (Foto: Divulgação)

O que faz dos Simpsons esse sucesso de público e crítica é exatamente a irônia presente no desenho. Sempre criticando o modo de vida norteamericano, o governo dos Estados Unidos, as sociedades, as religiões e tudo o que possa despertar as gargalhadas dos adultos, a raiva dos chefes de estado e a inocência das crianças.

O último episódio notoriamente polêmico brinca com a crise financeira mundial, na qual a família Simpson acaba perdendo sua casa, por falta de pagamentos da hipoteca. No desenho, a casa é leiloada e arrematada pelo vizinho Ned Flanders, que posteriormente acaba alugando a casa para os Simpsons poderem morar.

Em 2002, no episódio 15 da série, o Brasil foi o alvo da vez. O Rio de Janeiro é mostrado com macacos e ratos nas ruas e com uma população sexualmente agressiva. No episódio, Homer é seqüestrado por um taxista, Bart é atacado por meninos de rua, e os programas infantis tem apresentadoras sexys e provocantes.

A EMBRATUR protestou e ameaçou processar os produtores da série. A atitude do governo brasileiro foi alvo de chacota em perante a imprensa internacional. Antes mesmo do episódio ir ao ar no Brasil, o secretário de turismo do Rio de Janeiro protestou a respeito da forma como a cidade foi retratada no desenho.


Este e outros casos de revolta contra o sarcasmo dos episódeos não deram em nada. A família Simpson continua adorada por milhões de pessoas, e considerada a série de maior sucesso da história da animação.

Fonte: http://msn.onne.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: