Lara Croft

 
Lara Croft é uma personagem fictícia da série Tomb Raider, da Eidos Interactive. Criada por Toby Gard, ela também atua em filmes (nos quais é interpretada por Angelina Jolie), quadrinhos, livros e uma série de curtas. Foi homenageada pela Walk of Game (uma área do shopping center Metreon que homenageia videogames) e considerada pelo Guiness Book “a heroína de video games humana mais bem sucedida”.

Lara é geralmente apresentada como uma inteligente, atlética e às vezes imprudente inglesa de nobre origem que viaja pelo mundo em busca de artefatos inestimáveis. Conhecida como arqueóloga e aventureira, ela frequentemente se aventura em antigas, e muitas vezes perigosas, tumbas e ruínas. Além de armadilhas e quebra-cabeças, Lara encontra uma variedade de inimigos, incluindo rivais, gangsters, animais perigosos (incluindo dinossauros), criaturas lendárias e seres sobrenaturais. A natureza fantástica de suas aventuras arqueológicas tem recebido comparações com Indiana Jones.

Inicialmente, o designer Toby Gard focou na criação da personagem principal que era essencialmente um clone de Indiana Jones. Quando este personagem foi considerado inaceitável, voltou sua atenção para um novo. Um fator que influenciou Gard a usar uma personagem do sexo feminino foi que ele percebeu que seus co-trabalhadores muitas vezes preferiam utlizar personagens femininas em Virtual Fighter.

A personagem redesenhada foi inicialmente uma sul-americana chama Laura Cruz. Ela acabou evoluindo para uma inglesa chamada Lara Croft. Seu nome foi escolhido a partir de uma lista telefônica.


Lara foi dublada por quatro atrizes ao longo da série Tomb Raider:
Shelley Blond em Tomb Raider Judith Gibbins em Tomb Raider II e Tomb Raider III Jonell
Elliott em Tomb Raider: The Last Revelation, Tomb Raider Chronicles, e Tomb Raider: TheAngel of Darkness Keeley Hawes em Tomb Raider: Legend, Tomb Raider: Anniversary, Tomb Raider: Underworld

Lara foi trazida à vida pela atriz Angelina Jolie nos filmes Tomb Raider (2001) e Tomb Raider: A Origem da Vida (2003). Em 2007, Re\Visioned: Tomb Raider Animated Series, Lara foi dublada por Minnie Driver.


Lara também foi interpretada pelas seguintes modelos em aparições públicas e promoções:
* Katie Price (Jordan) interpretou Lara Croft na ECTS antes das modelos oficiais entrarem no elenco.
* Nathalie Cook 1996-1997 (mais desconhecida antes de Tomb Raider se tornar famoso)
* Rhona Mitra 1997-1998
* Vanessa Demouy 1997 (contratada por um revista francesa de video games para um ensaio)
* Nell McAndrew 1998-1999
* Ellen Rocche 2000 (contratada pela distribuidora brasileira da Eidos Interactive para divulgar The Lost Artifact).
* Lara Weller 1999-2000
* Lucy Clarkson 2000-2002
* Jill De Jong 2002-2004
* Karima Adebibe 2006-2008
* Alison Carrol 2008-Presente


Há duas diferentes continuidades dentro dos games Tomb Raider. A primeira continuidade foi criada pela Core Design, e engloba os seis primeiros jogos de Tomb Raider. A segunda e atual continuidade foi introduzida pela Crystal Dynamics pela reinvenção em série em Tomb Raider: Legend. As duas continuidades foram criada com a participação de Toby Gard. Além disso, os filmes e os quadrinhos de Lara Croft apresentam numerosas diferenças das continuidades do game.


Na primeira continuidade, o manual do game Tomb Raider contava sobre o nascimento de Lara para o Lord Henshingly Croft e como ela foi criada como uma aristocrata cercada de riqueza e luxo. Também explica-se como, aos 21 anos de idade, ela foi a única sobrevivente de um acidente de avião no Himalaia e foi obrigada a confiar no seu juízo para permanecer viva. O incidente a mudou e a inspirou a abandonar sua vida de conforto e segurança em favor de viajar ao redor do mundo sozinha. Isto a levou a ser livre da família.

Tomb Raider: The Last Revelation expandiu o passado de Lara descrevendo como, aos 16 anos, ela acompanhou um famoso arqueólogo chamado Werner Von Croy em uma expedição ao Cambodia. Os eventos criaram um fosso entre eles, mas também alimentou o interesse de Lara em civilizações antigas e artefatos. De acordo com a estátua memorial apresentada em Tomb Raider Chronicles, Lara nasceu em 1968, 28 anos antes de seu primeiro game.

A segunda continuidade apresenta uma diferença no passado. Muitas sequências de flashback em Legend mostram como Lara, aos 9 anos, sobreviveu a um acidente de avião no Himalaia que levou ao misterioso desaparecimento (e a morte presumida) de sua mãe, Amelia Croft. Lara então, de alguma forma, conseguiu sobreviver em uma jornada de dez dias para Kathmandu onde ela foi capaz de contactar seu pai, Richard Croft. Lara gastou o resto de sua infância sob o olhar atento de seu pai, um arquólogo que permitiu Lara acompanhá-lo em expedições arqueológicas.

Legend e Anniversary fortemente implicam que a maior parte, se não todas, dessas expedições foram conduzidas para descobriro que aconteceu com a mãe de Lara. Aos 18, quando seu pai morreu sob circunstâncias desconhecidas, Lara herdou os estados Croft com o título “Condessa de Abbingdon”. De acordo com o manual do game Tomb Raider: Anniversary, as perseguições de Lara são motivadas pela esperança de que ela conhecerá a verdade sobre a morte de seus pais.


Lara é retratada constantemente como uma pessoa altamente confiante, independente e teimosa. Ela também é muito corajosa, mostrando raramente sinal de medo em muitas situações perigosoas ou letais. Além disso, há um número significativo de diferenças na personalidade entre as continuidades. Na primeira continuidade, Lara é mostrada misteriosa, enigmática, sarcástica e até mesmo sangue frio à vezes. Em Legend, ela é mostrada como uma pessoa de coração ilumiado e respeitosa que é mais aberta emocionalmente, e é também retratada mais feminina que na primeira continuidade.

Isto é devido em parte ao seu maior nível de interação com pessoas, como a assistência de Zip e Alister, bem como pessoas do seu passado. Em Legend, ela também mostrou ter um amor por alturas vertiginosas e perigosas armadilhas antigas, para o desânimo de Zip e Alister. Em Anniversary (um remake do primeiro game), o que está subentendido no primeiro humano que ela mata, ela está visivelmente perturbada pelo incidente ao longo de todo o restante do jogo. Em contrapartida, no primeiro Tomb Raider, ela mata antagonistas humanos sem qualquer reação emocional.


Lara Croft é considerada tanto pelos críticos como pelos fãs um dos personagens de game mais importantes na cultura pop e a mais famosa personagem do sexo feminino do video game, como listada pelo The Guinness Books of World Records.

Lara apareceu em muitas propagandas de Lucozade durante o final dos anos 90, e foi garota cover da revista de estilo popular The Faze em 1997. Além disso, o escritor Douglas Coupland dedicou um livro à ela, analisando o efeito dela na cultura pop.

Lara fez uma participação especial durante a turnê PopMart do U2 e apareceu em um clip da banda alemã punk Die Ärzte. Ela também participou de comerciais de carro da SEAT, e três comerciais do canal de TV G4. Em todas essas aparições, Lara foi representada por animação de computador. Lara também apareceu em um comercial da Visa no qual participou uma Lara real, interpretada por Sofía Vergara, interagindo com ela no jogo homólogo. O website Education City parodiou Lara Croft em uma série de game estrelando “Klara Loft”.

 
Lara é o tema de uma música “Amami Lara” (Ama-me Lara) pelo compositor italiano Eugeino Finardi. A música foi apresentada durante a edição de 1999 do Festival della canzone italiana em Sanremo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: