De todas as formas

06/01/2009


É fácil engatar o piloto automático na cama. Mas por que temos que nos contorcer e fazer acrobacias se a simples posição mulher por cima dá conta do recado?

Em meio a tantas atividades rotineiras, fica difícil manter as novidades sempre em dia quando o assunto é cama, certo? Opa, nada disso! Temos que tomar cuidado com a temida e chata rotina!

Com o passar do tempo é natural deixarmos de apreciar o arroz com feijão e procurarmos descobrir coisas novas e tão prazerosas quanto uma pimentinha no prato!

Para esquentar a transa não é necessário comprar livros, nem fazer posições esquisitas, onde braços e pernas se confundem e fica complicado saber quem é quem! Basta melhorar o que já é bom e descobrir novas possibilidades.

Obviamente, quando fazemos amor, as carícias, os beijos e as preliminares são fundamentais para o sexo ser satisfatório.

Porém, se faltar atenção, o ato em si pode rapidamente tornar-se uma autêntica monotonia. A imaginação e a inovação são importantes para que o prazer que envolve o sexo não desapareça e garanta sempre bons orgasmos.

No que diz respeito à quebra da rotina, as posições sexuais assumem um papel decisivo, mas para isso é necessário ter imaginação e criatividade. Além do mais, pode-se variar de posição durante uma mesma relação sexual, bem como explorar as variações de uma mesma posição!

Entre as inúmeras modalidades de sexo, o casal pode escolher desde as posições tradicionais e fáceis de executar até as que são verdadeiras acrobacias, que exigem corpos muito flexíveis e atléticos. Embora o grau de dificuldade para a execução de algumas das posições possa impedir a consumação do ato, a simples tentativa de fazê-lo certamente vai estimular a imaginação dos parceiros e proporcionar um prazer diferente à sua vida amorosa.

O intuito desse editorial é colocar você por dentro das posições e incentivar a prática de tudo aquilo que possa estar adormecido, ou escondido, entre 4 paredes! Vamos lá!

Posição do Missionário ou Papai-Mamãe
É clássica, mas funciona muito bem! Deitada de frente para ele, a mulher faz o movimento pélvico, mexendo o quadril durante a penetração. Com as pernas abertas, ela pode estimular o clitóris, enquanto é penetrada. Permite não apenas um contato visual, como um grande envolvimento físico. Aqui dá para abusar dos beijos na boca e utilizar livremente as mãos para passar pelo corpo do parceiro – que tal arranhadas leves na nuca e nas costas, hein?!

Mulher por cima
Os homens costumam adorar essa posição, pois ficam com as mãos livres para tocar os seios e o clitóris da parceira, além de observar todas as suas feições.
Esta posição traz inúmeras vantagens, já que oferece uma penetração mais profunda e também porque é a mulher que faz quase todos os movimentos.
Ela pode rebolar, ir de um lado para o outro, inclinar-se para frente e também levantar e abaixar o quadril – massageando a cabeça do pênis! É a posição ideal para ela mostrar como gosta de ser penetrada e alcançar um bom orgasmo!

Lado a Lado (Colher)
Nesta posição o canal vaginal fica ligeiramente mais apertado! O ângulo de penetração é muito bom para a estimulação do ponto G, além de ser uma posição sexual em que a intimidade entre o casal pode ser muito grande. O homem pode tocar os seios da sua companheira enquanto a penetra. É ideal também para o sexo anal – lembre-se que vale a pena a tentativa, desde que muito bem conversado!

Mastery
Quando o homem esta sentado e a mulher senta de costas pra ele. Esta posição sexual é uma das melhores! Aliada à profundidade da penetração, está a facilidade dos movimentos. É uma posição sexual em que tanto o homem quanto a mulher podem sentir enorme prazer sem grandes dificuldades e de uma forma confortável. Aqui o clitóris é facilmente estimulado e, para aqueles que gostam de puxar os cabelos, aproveite! É ainda extremamente versátil, uma vez que se pode praticar em inúmeros lugares: cadeiras, escadas, banheira, capô, mesa etc… Sinta-se livre de experimentar.

Cachorrinho
A famosa posição de quatro também está presente nesse repertório. Essa posição permite uma penetração profunda e o pênis pode encostar no colo do útero, facilitando o orgasmo da mulher. Para acentuar a excitação, o homem pode e deve acariciar os seios e sussurrar nos ouvidos da mulher!

De pé
Nesta posição o casal fica cara a cara, o que deixa tudo bem mais gostoso! Aqui a mulher abre levemente as pernas e controla a penetração, o que pode parecer estranho e difícil. No entanto, só é necessário um pouco de prática. Após algumas tentativas torna-se uma das novas posições sexuais a incluir na rotina sexual do casal e ampliar a variedade de formas de prazer!

Cavalo de Heitor
A mulher senta sobre o quadril do homem e apóia as costas nas pernas dele. Assim, fica livre para mexer o quadril, controlar o ritmo da relação sexual e massagear o clitóris.

Ponto G
A mulher deita de barriga para cima e apóia as pernas nos ombros dele, que está ajoelhado. Essa posição faz com que o pênis encoste na parte de cima da vagina, massageando o ponto G. Para aumentar o erotismo, ele pode – e deve – beijar os pés dela!

Agachadinho
Deitada na cama e com a barriga para o alto, ela se encaixa no pênis do parceiro e eleva as pernas. Ele, agachado, faz a penetração total do pênis nessa posição. Parece mais complicado aqui escrito, mas é uma ótima alternativa para aumentar o tesão na hora H!

Essas são apenas algumas das posições que devem fazer parte do dia-a-dia do casal e servir de estímulo para o relacionamento. Além disso, existe um número infinito de formas e posições para serem feitas. Isso é apenas um start!

Não deve existir rotina entre casais que têm cumplicidade e afinidade, porque há inúmeras formas de prazer a serem exploradas. O que pode acontecer é uma falta de diálogo e por isso eventual limitação da exploração do prazer. Não deixe isso acontecer com vocês!

É engano pensar que o tempo de relação baixa a libido do casal, até mesmo porque quanto mais se faz sexo, mais se quer fazer. E também nem podemos pensar que uma relação que já está no auge da monotonia não possa retomar o “fogo” inicial do relacionamento, certo?

Portanto, mãos a obra! Anote o que mais interessar e coloquem tudo em prática!

Fonte:
http://www.atelierdenoivas.com.br
http://namoro2000.sites.uol.com.br
http://www.sejahomem.com


Em qualquer lugar!!

31/10/2008

Mudanças além de necessárias podem ser muitíssimo prazerosas. Precisamos mudar para permanecermos flexíveis, precisamos mudar para progredirmos como serem humanos, e precisamos mudar para acompanhar o ritmo do mundo em constante evolução.

Mudanças nos cabelos, no guarda-roupa, no local de trabalho e por que não no sexo também? Nossa vida sexual não é exceção a esta regra básica da vida. Novos padrões de vida provavelmente significam novos padrões de relacionamentos sexuais!

Soltar a imaginação, concretizar desejos. Parece difícil? Para muitos, inovar dentro de quatro paredes já não basta. As camas são confortáveis, mas, muitas vezes, podem se tornar comuns. Realizar os desejos mais reprimidos e deixar o corpo fluir são algumas dicas para um relacionamento ardente e prazeroso.

Quem nunca pensou em transformar o momento a dois numa aventura sexual de tirar o fôlego? Se você tem dúvidas de que isso faz bem não só ao corpo, mas ao espírito, chegou a hora de colocar a vergonha de lado e realizar todas as suas fantasias. Mas não se esqueça que a vontade do parceiro também conta, e muito, na hora de inovar. Não adianta você querer correr para a escada do prédio na hora que o tesão aumentar, se a outra pessoa se sentir constrangida com a situação. Mas nada que uma boa conversa não resolva, né?!

Ter relações em lugares diferentes faz parte da fantasia sexual de muita gente. Apesar de trazer alguns riscos, as pessoas acham que, quase sempre, essa aventura vale a pena. Sexo fora de hora pode ser uma emoção inesquecível. O fato de acontecer de repente, e em lugares inusitados, ou simplesmente de surpresa pela manhã, é o que o deixa a experiência extremamente gostosa!

E já que tudo que é proibido é mais gostoso, aqui vão algumas dicas para curtir momentos diferentes e bem quentes: o elevador! Todo mundo já pensou em fazer sexo dentro de um, mas é bom lembrar que hoje em dia a maioria deles possui câmera. Sem contar que existe o risco do porteiro estar se deliciando com o “filme particular” protagonizado por você! O ideal é que o elevador não tenha câmera e que fique parado entre dois andarem para não correr o risco de ser surpreendido por nenhum vizinho. Ou então, prefira subir de escadas de vez em quando – seja de serviço, ou de emergência, o que importa é se divertir!

Na hora de pensar em sexo ao ar livre, a praia é o maior fetiche! Mas se ligue: leve uma canga ou toalha para a areia não incomodar. A praia é realmente um lugar muito romântico, sobretudo à noite. Se tentar a prática durante o dia, escolha uma que seja pouco freqüentada – a não ser que queria ser flagrado!!

Já sob quatro rodas prefira carros confortáveis que tenham bancos reclináveis ou vá para o banco de trás. Feche todas as portas e escolha um lugar seguro. Mas cuidado: se pegos, pode dar cadeia, já que o ato sexual em público é considerado atentado ao pudor! Talvez uma boa solução seja procurar um drive-in!

Em lugares públicos, como festas e eventos, o ideal, quando rolar aquela vontade, é uma rapidinha! Procure um lugar discreto ou pouco movimentado. Banheiros, por exemplo, podem ter pessoas esperando do lado de fora, então evite sons suspeitos e seja ágil na hora de sair!

Mas você pode também dar uma escapada do escritório na sua hora de almoço ou dar aquele pega na garagem do seu prédio, entrar de surpresa no banheiro para tomar banho com a outra pessoa, transar na mesa da cozinha, no escritório ou onde mais você achar gostoso.

Quer mais? Além de esquentar a relação, transar em lugares inusitados excita e aumenta o prazer. Há razões de sobra para experimentar. Desde uma descarga extra de adrenalina até explorar delícias nunca antes imaginadas! Veja 5 bons motivos para ousar na hora do sexo:

1. É preciso desburocratizar o amor a qualquer custo

A cama como território único e sagrado do sexo pode aniquilar com o tesão ao longo do tempo. Por mais que o colchão seja um luxo ou os travesseiros sejam de pena de ganso suíço, por mais que os lençóis tenham três mil fios de conforto e o quarto seja um arraso… é necessário livrar-se um pouco do ninho convencional dos pombinhos. Vale até começar pelo sofá. Saiba aproveitar as utilidades domésticas, elas podem ser mais úteis do que você imagina!

2. A aventura é excitante

Viagens ou simplesmente a fuga para um parque urbano recarregam as baterias amorosas. Deslocar-se do ambiente de rotina põe adrenalina no coração e chacoalha os hormônios sexuais. Nem que a fuga seja apenas para o jardim ou o quintal da própria casa, para a escada de serviço, para a laje do prédio… O bom mesmo é ir mais longe, para aquele lugar dos sonhos, e aproveitar cada minuto ou segundo com pequenas e inesquecíveis travessuras excitantes.

3. Porque o medo é o melhor dos estímulos

Transar em um lugar público onde pode chegar alguém e “levar um flagrante” é sempre muito mais estimulante. Além do temor, que põe os nervos à flor da pele e enriquece o gozo, a possibilidade de estarem sendo vistos por um voyeur é também animadora. Recomenda-se o lindo uso de saias, peça sempre facilitadora desse tipo de pecado rasgado.

4. Sexo pode ser um excelente exercício

Uma transa em pé, por exemplo, reforça toda a musculatura das pernas e faz perder muito mais calorias. Uma transa depois ou durante uma trilha no mato, ainda mais!

5. Você precisa ter uma boa resposta para uma velha pergunta

Já pensou que coisa mais sem graça não ter o que responder quando lhe perguntarem qual foi o lugar mais estranho onde transou? Passar por essa vida sem algo sugestivo neste capítulo pode representar uma frustração. Claro que não precisa ser algo obrigatoriamente extravagante. Mas só ter lembranças da cama não dá. É muita falta de criatividade para uma existência inteira!

A verdade é que é preciso fugir dos padrões a que estamos acostumados para manter nossa vida sexual sempre excitante e diferente do convencional!

Quem faz sexo sempre em lugares inusitados garante que isso recarrega a energia, aumenta a auto-estima e dá uma cumplicidade incrível entre o casal. E ai, vai tentar?

Fontes
http://www.terra.com.br
http://revistauma.itodas.uol.com.br
Anne Hooper – Jogos Eróticos


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.